Desmatamento em unidades de conservação da Amazônia cai 28%

01:04 Geral, Notícias 14/11/2017 - 22h34 Brasília Embed

Leandro Martins

O desmatamento nas unidades de conservação federais na Amazônia foi de 159 km², no período entre agosto de 2016 a julho deste ano.

 

Esse dado representa uma queda de 28% em relação aos doze meses anteriores.

 

Os dados são do Prodes, Projeto de Monitoramento do Desmatamento na Amazônia Legal, e foram anunciados nessa terça-feira (14) pelo ministro do Meio Ambiente, José Sarney Filho, durante 23ª Conferência das Partes (COP 23), que acontece em Bonn, na Alemanha.

 

De acordo com os números do Prodes, esse é o menor índice de desmatamento nas Unidades de Conservação desde 2011.

 

A queda também foi mais acentuada que o desmatamento em toda a região da Amazônia, que foi de 16%.

 

A taxa mais alta de desmatamento foi registrada na Área de Proteção Ambiental do Tapajós, com 32 quilômetros quadrados.

 

Com informações da Rádio Senado, da Rádio Nacional em Brasília, Leandro Martins.