Maioria dos estados não soluciona investigações de assassinatos

01:23 Geral, Notícias 29/11/2017 - 08h05 Brasília Embed

Sumaia Vilela

Um estudo feito pelo Instituto Sou da Paz sobre resolução de investigações de homicídios mostra que apenas seis dos 26 estados brasileiros mais o Distrito Federal têm um levantamento dos casos.


Para elaborar o primeiro Indicador Nacional de Esclarecimento de Homicídios do Brasil, a organização solicitou aos ministérios públicos das unidades da federação dados sobre janeiro de 2015 a junho de 2017.


Responderam à solicitação os estados de São Paulo, Espírito Santo, Rondônia, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul e Pará.


O estado com maior porcentagem de resolução de assassinatos é Mato Grosso do Sul, com pouco mais da metade dos casos resolvidos. O pior resultado é do Pará, com cerca de 4%.


O Sou da Paz defende que o fortalecimento da investigação de homicídios é importante para que o Brasil consiga reduzir a violência letal, que levou o país a ser o sétimo mais violento da América Latina.


O instituto quer a criação, pelo poder público, de um indicador nacional para medir quantos casos são solucionados, para pactuar metas, traçar políticas públicas mais estratégicas e trocar experiências positivas entre os estados.