Governo de Mato Grosso decreta luto oficial pelo assassinato do prefeito de Colniza

01:01 Geral, Notícias 17/12/2017 - 13h34 Brasília Embed

Lucas Podeus Léon

O governo de Mato Grosso decretou luto oficial de 3 dias pelo assassinato do prefeito de Colniza, Esvandir Antônio Mendes, de 61 anos.

 

Conhecido como Vando, o prefeito foi morto na sexta-feira (15), enquanto dirigia um carro na cidade de Colniza, a cerca de 1 mil quilômetros de Cuiabá.

 

Junto com o prefeito, estava o secretário de Finanças do município, Admilson Ferreira dos Santos. Ele foi baleado na perna e nas costas, mas sobreviveu.

 

Três pessoas foram presas suspeitas do assassinato cerca de 10 horas após o ocorrido. Foram encontrados com armas e R$  60 mil em dinheiro, que a polícia suspeita ser o pagamento pelo crime.

 

Até o fechamento dessa reportagem, a polícia civil do estado não havia divulgado a motivação do assassinato, pois ainda estaria colhendo depoimentos.

 

A polícia suspeita que o morador de Colniza Antônio Pereira Rodrigues Neto, que foi preso, seja o mandante do assassinato.

 

Ele teria convocado dois comparsas do Pará para o crime e participado da execução.