Operação da Polícia Federal em Roraima apura desvios de verbas em prefeituras

01:06 Geral, Notícias 05/12/2017 - 17h59 Brasília Embed

Maíra Heinen

Os desvios de recursos públicos federais também ocorriam em outros 10 municípios do estado de Roraima, no período de 2012 a 2016.

 

Estão sendo cumpridos 140 mandados judiciais.

 

A operação Libertatem 3 é um desdobramento da Libertatem 1, realizada em novembro de 2015 e da Libertatem 2, realizada em dezembro do ano passado.

 

Elas foram deflagradas para atuar contra desvios de recursos do município de Cantá.

 

Senhas de contas e sistemas das prefeituras foram apreendidas em poder de empresas contratadas pelas prefeituras.

 

Também foi encontrada planilha de divisão de ganhos em licitações entre as empresas aparentemente “concorrentes”.

 

Na maioria dos municípios investigados, a forma como ocorriam os desvios era similar.

 

Havia montagem fraudulenta de processos de licitação, falsificação de documentos, fraude na licitação e corrupção de servidores públicos.

 

Os investigados vão responder por crimes de fraude à licitação, corrupção, associação e organização criminosa.

 

As investigações continuam.