Acrelândia decreta emergência em saúde pública por risco de epidemia de dengue

01:18 Geral, Notícias 12/01/2018 - 19h17 Brasília Embed

Maíra Heinen

A prefeitura de Acrelândia, no Acre, decretou emergência em saúde pública pelo período de seis meses em razão do risco de epidemia de dengue, zika e chikungunya.

 

De acordo com o decreto publicado ontem no Diário oficial do Acre, o alarmante número de casos de dengue durante o ano passado e o volume de entulhos, lixos domésticos e outros ambientes propícios para a proliferação do mosquito “Aedes Aegypti”, são alguns dos motivos para o decreto.

 

O funcionário da Unidade Mista de Saúde do município, Maicon Pinheiro Miranda, percebeu o aumento da procura por tratamento contra a dengue.

 

O decreto diz ainda que a situação demanda o emprego urgente de medidas de prevenção, controle e contenção de riscos.

 

A emergência autoriza a aquisição pública de insumos e materiais e a contratação de serviços necessários ao atendimento da situação emergencial. Também fica admitida a contratação de pessoal, por tempo determinado, para o combate à epidemia.

 

Procurada, a secretária de saúde do município, Valéria Lima, não quis gravar entrevista.