Aquecimento global será tema de destaque no Fórum Mundial das Águas

02:08 Geral, Notícias 29/01/2018 - 08h29 Brasília Embed

Lucas Pordeus León

O Fórum Mundial da Água, no Brasil será uma oportunidade para discutir a agenda sobre mudanças climáticas em um momento em que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, decide retirar a maior economia do mundo do Acordo de Paris, para redução do aquecimento global.


A Rádio Nacional promoveu, nesse final de semana, um programa nas margens do Lago Paranoá, em Brasília, para debater e divulgar o Fórum Mundial da Água.


Em março, Brasília sediará a 8ª edição do encontro, organizado pelo Conselho Mundial da Água, entidade internacional que reúne cerca de 400 instituições de 70 diferentes países.


A Agência Nacional de Águas (ANA) é uma das realizadoras do fórum. Para o diretor de gestão da agência, Ricardo Andrade, o encontro vai servir para reforçar a agenda sobre as mudanças climáticas no mundo.


O representante do Brasil na comissão organizadora do Fórum, o presidente da Agência Reguladora de Águas do Distrito Federal (Adasa), Paulos Salles, argumenta que o presidente norte-americano pode ficar isolado, mesmo dentro dos Estados Unidos.


Essa é a primeira vez que o Fórum Mundial da Água ocorre no Hemisfério Sul. São esperados mais de 40 mil pessoas no encontro, que vai ocorrer entre 18 e 23 de março, em Brasília.


A Empresa Brasil de Comunicação (EBC) é parceira para divulgação do encontro.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique