Escassez e compartilhamento são temas em discussão no Seminário Internacional Águas pela Paz

02:39 Geral, Notícias 11/01/2018 - 20h02 Brasília Embed

Victor Ribeiro

Brasília recebe até esta sexta-feira (12) as atividades do 2º Seminário Internacional Águas pela Paz. O evento reúne ambientalistas, ativistas, religiosos e representantes do governo, e é preparatório para o Fórum Mundial da Água e o Fórum Alternativo Mundial da Água, que ocorrem no mês de março, também na capital.

 

O idealizador do seminário é o líder espiritual Sri Prem Baba. Ele destacou que a água é a origem da vida e está acabando em todo o mundo.

 

Alguns especialistas apontam que, assim como ocorreu com o petróleo no século 20, este século pode ser marcado por conflitos pela água. Para o representante da Unesco no Brasil, Maximiliano Lombardo, o segredo está em aprender a compartilhar a água.

 

O Fórum Mundial da Água será do dia 18 a 23 de março e o Fórum Alternativo Mundial da Água, do dia 17 a 22, também de março. A diferença é que o Fórum Mundial debate ações de governo para cuidar da escassez de água, enquanto o fórum alternativo é um espaço para a expressão dos movimentos sociais.

 

De acordo com a organizadora do Fórum Alternativo, Ana Laíse Silva, a água deve ser vista como um direito e não um negócio.

 

O presidente do Conselho Mundial da Água, Benedito Braga, que também organiza o Fórum Mundial, concorda com a ativista.

 

A programação presencial do 2º Seminário Águas Pela paz termina nesta sexta, mas as atividades pela internet vão até domingo. Para saber mais, acesse aguaspelapaz.eco.br.