Febre amarela: Ricardo Barros diz que vacina fracionada é eficaz e que país tem doses suficientes

08:57 Geral, Entrevistas 10/01/2018 - 17h16 Brasília Embed

Apresentação Valter Lima

Nesta entrevista concedida ao programa Revista Brasil, da Rádio Nacional, o ministro da Saúde, Ricardo Barros, garante que a dose fracionada da vacina contra a febre amarela tem a mesma eficácia da vacina integral. Segundo ele, a imunização vale para toda a vida, sendo que alguns países exigem que a vacina tenha sido aplicada nos últimos 10 anos.

 

Segundo Barros, a vacina contra a febre amarela só é necessária para as pessoas que vivem perto de áreas de mata e que sejam região de risco ou para quem for viajar para esses locais. Ele disse que, anualmente, o Ministério da Saúde distribui 13 milhões de doses para essas áreas onde o vírus circula.

 

Para esta nova campanha anunciada ontem (9) pelo governo, de levar doses fracionadas para áreas da Bahia, São Paulo e do Rio de Janeiro, serão 15 milhões de doses. Acompanhe a entrevista.