Nacional na Copa: Sheik protagoniza ato inusitado em 1982 ao mandar seleção deixar o campo

01:26 Geral, Programetes 28/01/2018 - 05h12 Brasília Embed

Eurico Tavares

Na Copa de 1982, na Espanha, a França vencia o Kuwait por 3 a 1 quando, aos 32 minutos do segundo tempo, o meia Giresse fez o quarto gol. Aí veio o inusitado. O sheik do Kuwait, Fahad al-Sabah , protestou durante muito tempo dos camarotes pedindo para a seleção sair de campo.


Depois, Fahad al-Sabah foi até o banco de reservas pressionar o árbitro porque os jogadores disseram que pararam na jogada depois de ouvir o som de um apito.


O árbitro do jogo, o russo Miroslav Stupar, aceitou as reclamações e anulou o gol. Mais tarde, a França fez um novo gol e o jogo terminou 4 a 1 para a Franceses.


O sheik acabou ganhando uma multa de 8 mil libras, aplicada pela Fifa, pela sua interferência na partida.


Hoje, domingo, 28 de janeiro, faltam 137 dias para a abertura da Copa da Rússia 2018.