Palmas faz mapeamento de capivaras para o controle populacional e evitar doenças

01:03 Geral, Notícias 13/01/2018 - 13h02 Brasília Embed

Maíra Heinen

A prefeitura de Palmas iniciou esta semana um mapeamento de capivaras na capital, incluindo as que vivem às margens do Córrego Brejo Comprido e no Parque Cesamar, onde são vistas com mais frequência.

 

O trabalho é feito por uma empresa escolhida em licitação e resultará também em um Plano de Manejo de Fauna para a espécie.

 

Segundo o presidente da Fundação de Meio Ambiente de Palmas, Hebert Veras, a ação é importante para o controle populacional e para evitar doenças, já que as capivaras não têm predadores naturais em centros urbanos.

 

Sonora: “Hoje tem uma grande população de capivaras dentro do município, estão criando-se novas comunidades de capivaras... Por ela hospedar o carrapato que transmite a febre maculosa, então a gente tem essa preocupação justamente pra que a gente possa conhecer.”

 

Durante o diagnóstico vão ser utilizadas coleiras e câmeras noturnas, além de processos de contagem e recontagem para o controle de mortalidade e natalidade. Segundo a fundação de Meio Ambiente, o processo será feito sem prejuízo aos animais.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique