Sem receber salários do Fluminense, Scarpa entra na Justiça e vai para o Palmeiras

01:39 Geral, Notícias 16/01/2018 - 07h57 Brasília Embed

Jorge Wamburg

Depois de conseguir na Justiça do Trabalho do Rio a rescisão de contrato com o Fluminense, o meia Gustavo Scarpa assinou contrato com o Palmeiras por cinco anos, nessa segunda-feira (15).


A ação trabalhista, que resultou na rescisão de contrato, foi motivada por atrasos de salários e outros direitos devidos pelo clube carioca ao jogador.


Revelado pelo Fluminense, Scarpa, de 24 anos, era pretendido também por Corinthians, São Paulo e Atlético Mineiro.


O Fluminense nada recebeu pela transferência do meia, que entrou na Justiça em dezembro, durante as férias dos jogadores e o recesso do judiciário. Ele não se reapresentou nas Laranjeiras na volta aos trabalhos, no início deste mês.


O time está nos Estados Unidos, onde disputa o torneio Flórida Cup, e perdeu nessa segunda-feira para o Barcelona de Guaiaquil por 3 a 1.


Na outra partida que disputou, contra o PSV Eindhoven, o Fluminense empatou por 1 a 1, mas foi derrotado nos pênaltis por 5 a 4. O time terminou o torneio em sexto lugar, com um ponto ganho, entre oito concorrentes.


No Vasco da Gama, o presidente do Conselho Deliberativo, Luis Manoel Fernandes, marcou para sexta-feira, dia 19, a sessão que elegerá o presidente do clube para os próximos três anos, cargo disputado entre o atual presidente, Eurico Miranda, e o candidato da oposição, Júlio Brant.


Mas ainda há um mandado de segurança de Eurico no Superior Tribunal de Justiça (STJ), em Brasília, contra decisões da Justiça do Rio que favoreceram Brant, com a anulação de uma urna onde a chapa da situação teve maioria de 400 votos na eleição disputada em novembro para o Conselho Deliberativo.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique