Seminário em Brasília faz recomendações sobre o uso sustentável da água

02:20 Geral, Notícias 12/01/2018 - 22h12 Brasília Embed

Victor Ribeiro

O segundo dia do Seminário Internacional Águas Pela Paz teve três painéis temáticos. O primeiro tratou sobre pesquisas e inovações para lidar com a crise hídrica mundial. O segundo painel foi sobre a gestão de territórios e a mediação de conflitos. E o terceiro, sobre a relação da água com a educação, a arte e a cultura.

 

O diretor da Agência Nacional de Águas e diretor-executivo do Oitavo Fórum Mundial da Água, Ricardo Andrade, espera que as crises de falta d'água sejam superadas e sirvam para nos ensinar a usar esse recurso natural de forma sustentável.

 

O seminário ocorreu em Brasília e é uma das etapas preparatórias para os Fóruns Mundial e Alternativo Mundial da Água, que também vão ocorrer na capital do país, no mês de março.

 

O Distrito Federal enfrenta há dois anos uma grave seca, que resultou no racionamento de água para a população, que começou no dia 16 de janeiro do ano passado. O secretário adjunto de Meio Ambiente do Distrito Federal, Felipe Fernandes, avaliou que o seminário terá cumprido seu papel se conseguir incentivar os participantes a economizar água.

 

As atividades presenciais terminaram na noite dessa sexta-feira, com um ato ecumênico. O seminário continua na internet. As reflexões geradas pelos debates na quinta e na sexta-feira foram compiladas em um documento, a carta Águas Pela Paz, que ficará disponível para consulta na página aguaspelapaz.org.br e, no domingo, será enviada para os organizadores do Oitavo Fórum Mundial da Água e do Fórum Alternativo Mundial da Água.