Trocando em Miúdo: O que os eleitores esperam do próximo presidente do Brasil

04:09 Geral, Programetes 22/01/2018 - 02h00 Brasília Embed

Apresentação Eduardo Mancasz

Olá prezada pessoa ouvinte cidadã.

 

Logo mais começa a campanha eleitoral, com muita gente cheia de promessas, quer dizer, propostas para corrigir as coisas que afetam o nosso dia a dia, então nada melhor do que saber o que você, eleitor, está pensando. Vamos nesta.


Quase a metade de nós que vamos às urnas em outubro para escolher pelo voto soberano os novos dirigentes, pois então, 47% de nós outros achamos que o combate à corrupção continua mesmo sendo a prioridade do próximo presidente do Brasil. E quem diz isso? Ora, 47% dos que foram perguntados pela pesquisa feita pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas, respondemos isso: tem que combater a corrupção.


Que mais o próximo presidente do Brasil, a ser escolhido nas urnas em outubro, ninguém sabe ainda quais serão os candidatos de verdade, ele deve fazer, de acordo com o que foi dito pelo povo na pesquisa do SPC Brasil? Em segundo lugar, 39% acham que vai ter que cuidar mais da saúde do povo. Outros 33%, lembram da Educação. Segurança Pública. 32% lembraram desse cuidado. E o emprego, pergunto eu, não é importante? 29% responderam que sim, lógico, e tal.


Mas continuemos com a prosa em  cima da pesquisa do SPC Brasil que procurou saber o que o povo acha que o próximo presidente deve ser. A maioria, preste atenção, quer mais é que o próximo presidente, a ser eleito por nós, ou seja, 70% respondemos que seja alguém que tenha projetos de melhorias na saúde, educação e obras de infraestrutura. Agora, compare com esta outra resposta dada quando perguntado se a honestidade do candidato é importante. A metade, ou 50%, disseram que sim.


Bom. Mais respostas da gente sobre como deve ser o nosso próximo presidente. Outra maioria. 63% afirmam que não vão votar de forma alguma em candidato a presidente envolvido em escândalo de corrupção. Outra maioria. 74% querem um presidente pronto para fazer grande mudança. Mais uma. Política econômica. 72% acham que as mudanças devem continuar, principalmente nos ajustes.


Fechando a prosa. Apenas repasso a pesquisa para a gente pensar. Por exemplo. Nisso. 47% dizem que não estão nem aí, ou seja, estão indiferentes, com relação às próximas eleições, dizendo que acham que “tudo vai continuar a mesma coisa”. E você, acha o que?


Então tá.
Inté e axé.

 

Trocando em Miúdo: Quadro do programa Em Conta, da Rádio Nacional da Amazônia. Aborda temas relacionados a economia e finanças, traduzidos para o cotidiano do cidadão. É distribuído em formato de programete, de segunda asexta-feira, pela Radioagência Nacional. Acesse aqui as edições anteriores.