Viva Maria: Socióloga considera declarações de Danuza Leão equivocadas e lembra que assédio é crime

09:19 Geral, Programetes 12/01/2018 - 04h29 Brasília Embed

Apresentação Mara Régia

Em meio a polêmica que pautou as discussões ao longo desta semana sobre o discurso de Oprah Winfrey, na cerimônia de entrega do Globo de Ouro 2018 em Los Angeles, no último domingo (7), o texto da jornalista e escritora Danuza Leão, aqui no Brasil, acabou roubando a cena e espaços nos jornais!

 

A começar pelo título de seu artigo: " O Globo de Ouro pareceu um grande funeral", numa alusão ao fato das atrizes de Hollywood terem se vestido de preto, em sinal de luto. Danuza foi categórica em afirmar que, apesar dos vestidos lindíssimos, aquelas mulheres  foram muito pouco paqueradas e voltaram sozinhas para casa.

 

E, diante dessa e outras tantas afirmações absurdas, Viva Maria faz questão de esclarecer algumas questões levantadas por Danuza Leão. Disse ela: "O que não está claro para mim é o conceito de assédio. É uma paquera? Avanços sexuais entre homens e mulheres começam sempre de um lado. Às vezes, o outro lado não quer, e isso é normal. Como definir?"

 

Para responder a essa e outras tantas colocações de Danuza Leão, ninguém melhor do que a socióloga e professora Lourdes Bandeira, coordenadora do Núcleo de Pesquisas sobre a Mulher do Departamento de Sociologia da Universidade de Brasília (UnB).  Seja muito bem vinda, Lourdes!

 

 

Viva Maria: Programete que aborda assuntos ligados aos direitos das mulheres e outros aspectos da questão de gênero. É publicado de segunda a sexta-feira. Acesse aqui as edições anteriores.