Governo do DF constrói desvios em área onde trecho de viaduto desabou

01:08 Geral, Notícias 14/02/2018 - 19h07 Brasília Embed

Victor Ribeiro

A partir das seis horas da manhã desta quinta-feira, os motoristas que passavam pelo viaduto que desabou na região central de Brasília terão uma opção para facilitar a passagem.

 

O desvio para os carros tem seis pistas. Três ao lado do Setor Bancário Sul, para quem segue em direção ao Buraco do Tatu, e outras três ao lado do Setor Comercial Sul, no sentido Saída Sul. É exatamente o número de pistas do viaduto no Eixão, que desabou parcialmente na terça-feira da semana passada, atingindo um restaurante e esmagando quatro carros.

 

Também nesta quinta-feira, técnicos da Universidade de Brasília vão começar a analisar os escombros, como explicou o governador do Distrito Federal Rodrigo Rollemberg.

 


Nessa quarta-feira, Rollemberg vistoriou as obras, junto com a presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia, Fátima Có. A presidente do Crea estimou que a reconstrução do viaduto custe cerca de 30 milhões de reais. Fátima Có elogiou a rapidez das ações do governo e cobrou que o trabalho de manutenção seja constante.

 

Debaixo do viaduto que desabou havia também uma passagem de pedestres, que só deve ser liberada a partir da tarde desta quinta-feira. Isso porque ainda falta escorar o que sobrou do viaduto sobre a passagem.

 

* Áudio alterado às 22h28 do dia 14-02-18 para inclusão de sonoras e informações.