Governo do DF estuda forma de ressarcir donos de restaurantes destruídos por viaduto

02:44 Geral, Notícias 28/02/2018 - 14h57 Brasília Embed

Sayonara Moreno

Os proprietários dos dois restaurantes atingidos por parte do viaduto do Eixão Sul, que desabou no início deste mês, foram recebidos nessa terça-feira (27) pelo secretário da Casa Civil, Sério Sampaio. O encontro aconteceu no Palácio do Buriti, onde foram discutidas formas de ressarcir os empresários pelos danos e garantir uma saída emergencial para o comércio local, que está parado.

 

Sérgio Sampaio anunciou que o governo espera, ainda esta semana, vistoriar a Rodoviária do Plano Piloto, a fim de encontrar locais adequados para o funcionamento temporário dos dois estabelecimentos.

 

No último dia 16, houve reunião do GDF com os donos dos quatro carros esmagados pela estrutura do viaduto. Na ocasião, foi anunciada a criação de um comitê de conciliação formado por membros do governo, das pessoas prejudicadas, do Tribunal de Justiça do DF e da Procuradoria-Geral do DF.

 

O mesmo comitê vai analisar formas de indenizar os donos dos restaurantes, a partir de cálculos de danos, incluindo a questão empregatícia dos funcionários e o período em que os comércios estão sem funcionamento, acumulando prejuízo para os donos.

 

A medida foi considerada positiva para a dona da Churrascaria Floresta, Maria Miranda. Para ela, o espaço na rodoviária será menor, mas a alternativa sinaliza boa vontade na resolução do problema.

 

Nilo Moroni é advogado do restaurante Nosso Lar e irmão de um dos donos. Ele conta que muitas pessoas da família trabalhavam no local e continuam desempregadas, aguardando uma solução para o retorno do funcionamento.

 

O GDF informou que o pagamento pelos danos vai ser feito a partir do reconhecimento de dívida e não por determinação judicial, os chamados precatórios. Segundo o governo, o método vai acelerar o processo de indenização.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique