Latrocínio é a principal causa de morte de policiais militares no Rio

01:05 Geral, Notícias 09/02/2018 - 18h45 Rio de Janeiro Embed

Joana Moscatelli

Estudo do Ministério Público do Rio de Janeiro apontou que a principal causa de morte de policiais é o latrocínio, roubo seguido de morte.

 

Segundo o MP, dos 138 agentes assassinados em 2017, 54 foram vítimas de latrocínio. Mas, o segundo maior motivo da morte dos policiais é a execução, com 30 agentes assassinados.

 

Já em confronto, 26 policiais militares perderam a vida. De acordo com o relatório, a maioria das mortes aconteceu nos municípios do Rio de Janeiro, Nova Iguaçu, Mesquita, Nilópolis e São Gonçalo.

 

O estudo, disponibilizado na plataforma “MP em Mapas”, foi elaborado a partir de cruzamento e análise de dados disponíveis na base do Portal da Segurança, nos registros de ocorrência da Polícia Civil, em matérias jornalísticas e nas bases de dados do MP, da Polícia Militar e do Tribunal de Justiça. O relatório também inclui mortes causadas por suicídio, disparo acidental e acidente em serviço.