Rio de Janeiro registra recorde de tiroteios em janeiro, revela aplicativo "Fogo Cruzado"

02:07 Geral, Notícias 01/02/2018 - 20h24 Rio de Janeiro Embed

Fabiana Sampaio

Depois de dois dias em que violência no Rio de Janeiro registrou tiroteios, mortes e interditou importante via expressa da capital, o aplicativo Fogo Cruzado, que mapeia de forma colaborativa a violência armada na cidade e região metropolitana, traz dados que confirmam o agravamento dessa situação.

 

A plataforma registrou recorde de tiroteios com média de 22 registros por dia somente no primeiro mês deste ano. É o maior número já registrado desde que o aplicativo entrou em operação, em julho de 2016.


No total foram seiscentas e oitenta e oito notificações no período contra trezentas e dezessete em janeiro do ano passado, o que representa um AUMENTO de 117%.//A média diária de ocorrências em 2017 foi 16.


A plataforma também contabiliza o número de mortes. Pela estatística, em janeiro deste ano foram registradas 146 mortes por arma de fogo, sendo 11 de agentes de segurança, e 158 feridos no total. Na contagem dos órgãos de segurança já são catorze policiais assassinados em todo o Estado em 2018.


O Rio de Janeiro foi o município que mais registrou tiroteios seguido de São Gonçalo e Niterói, na região metropolitana


As comunidades Cidade de Deus, na zona Oeste e Rocinha, na zona sul do Rio são as campeãs de ocorrências em áreas com UPPs, Unidades de Polícia Pacificadora. No total foram 207 ocorrências em área com UPPs no aplicativo.


A Cidade de Deus,  que nessa quarta-feira foi alvo de confrontos entre criminosos e policiais registrou nesse dia 08 ocorrências de tiroteio em regiões variadas da comunidade. Em todo o mês de janeiro foram 44 ocorrências, com 10 mortes e 6 feridos.


O aplicativo também registrou 2 chacinas: uma no Vale do Ipê, em Belford Roxo, na Baixada fluminense com 4 mortos, e outra em Granjas Cabuçu, em Itaboraí, na região metropolitana, com 5 mortos,

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique