Nacional na Copa: Andrés Escobar completaria 51 anos hoje faltando 93 dias para o Mundial da Rússia

02:05 Geral, Programetes 13/03/2018 - 05h22 Brasília Embed

Apresentação Eurico Tavares

O lateral direito Fidelis, que defendeu o Brasil na Copa de 66, na Inglaterra, completa hoje 74 anos de idade. Outro aniversariante é Vampeta, campeão do mundo pelo Brasil em 2002. O atacante italiano Bruno Conti, campeão do mundo em 82, e que disputou também a Copa de 86 completa hoje   63 anos de idade.

 

Um dos fatos mais lamentáveis ligado à Copa do Mundo foi o assassinato do zagueiro Andrés Escobar da Colômbia, após a fraca participação na Copa de 94 nos Estados Unidos.


A Colômbia foi para a Copa como uma das favoritas, mas acabou decepcionando. Estreou perdendo para a Romênia por 3 a 1 e precisava ganhar dos Estados Unidos para ter alguma chance de continuar em busca de uma vaga na segunda fase. Num lance de total infelicidade, Andrés Escobar tentou desviar a bola e acabou fazendo um gol contra.

 

Os Estados Unidos venceram por 2 a 1 e, mesmo uma vitória sobre a Suíça, na última rodada, não livrou a Colômbia da eliminação. Na volta da delegação, Escobar, que era um ídolo do futebol colombiano, foi assassinado por um fanático torcedor que o culpava pela eliminação na Copa.


Escobar nasceu há 51 anos, na cidade de Medellín, e faleceu na mesma cidade em 2 de julho de 1994, aos 27 anos de idade.

 


Hoje, terça-feira, 13 de março, faltam 93 dias para a abertura da Copa da Rússia 2018.