Agentes penitenciários de Mato Grosso fazem protesto de 72 horas; visitas estão suspensas

01:33 Geral, Notícias 25/05/2018 - 16h56 Brasília Embed

Juliana Russomano

Os agentes penitenciários de Mato Grosso começaram, nesta sexta-feira, um protesto de 72 horas.

 

De acordo com a secretária-geral do Sindicato dos Servidores Penitenciários do Estado, Jacira Maria da Cunha Silva, o protesto é externo, ou seja, as visitas de advogados e familiares às unidades prisionais estão suspensas, assim como o recebimento de novos presos. Ela destaca que os trabalhos internos nas unidades seguem normalmente.


 
Uma das razões do protesto, segundo Jacira, é o não atendimento das reivindicações da categoria, que estão sendo negociadas desde 2015. Os agentes também demandam a implementação da jornada voluntária; compra de armamentos, como coletes à prova de bala; convocação do cadastro reserva; e melhorias nas condições de trabalho.


 
Em nota, a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos de Mato Grosso afirma que o efetivo que atua nas atividades de segurança das unidades deve garantir o funcionamento de todos os serviços essenciais, entre eles, as saídas para audiências e emergências médicas, e o recebimento de presos.


 
Sobre as reivindicações, a pasta informou que algumas estão em andamento e que as unidades receberam recentemente investimentos de 10 milhões de reais em armamentos. Disse ainda que outras demandas dependem da receita estadual e destacou que Mato Grosso ainda vive reflexos da crise econômica que afetou o país.

 

O protesto dos agentes penitenciários vai até este domingo.