Buscas nos escombros de prédio em SP devem durar uma semana; confira entrevista

03:49 Geral, Entrevistas 02/05/2018 - 14h59 São Paulo Embed

Entrevista

O tenente do Corpo de Bombeiros de São Paulo Guilherme Derrite disse nesta quarta-feira (2) que os trabalhos no local do prédio que desabou ontem (1º), no centro da cidade, estão focados no resfriamento e retirada manual dos escombros.


Segundo ele, o maquinário pesado trabalha onde os bombeiros já atuaram manualmente. Os bombeiros priorizam as buscas no chamado setor 1, local onde foi encontrada a corda e o cinto alemão quando tentavam resgatar a única vítima fatal até o momento, que caiu do 8º andar, chamada Ricardo.

 

O equipamento foi fornecido ao rapaz pelos bombeiros, mas o prédio desabou antes que a operação de resgate fosse concluída.


O tenente Derrite ressaltou que o ambiente ainda não está propício para as buscas, mesmo com cães farejadores “devido a fumaça e o aquecimento”. No entanto, acrescentou que ainda hoje os cães vão atuar no local e podem “mudar o rumo da operação, na ponta da linha, dos bombeiros”.


Confira a íntegra da entrevista do tenente do Corpo de Bombeiros de São Paulo.