Caminhoneiros interditam rodovias pelo país em protesto contra o preço do diesel

02:34 Geral, Notícias 21/05/2018 - 11h41 Brasília Embed

Lucas Pordeus León

18 Estados registram interdições em vias por causa de manifestações de caminhoneiros contra os aumentos do diesel. Os sucessivos aumentos no preço do diesel levaram entidades representantes de caminhoneiros a convocar uma paralisação a partir dessa segunda-feira (21).

 

Foram registradas, pelo menos, 102 manifestações com interdições de via em 18 estados, segundo a Polícia Rodoviária Federal. A maioria nos estados de Minas Gerais, Bahia, Goias e Paraná.

 

O presidente da Associação Brasileira dos Caminhoneiros, José Da Fonseca Lopes, diz que as manifestações vão continuar até que o governo apresente saídas para a alta no diesel.

 

A associação dos caminhoneiros quer a redução dos impostos sobre o diesel. Liminares judiciais proibiram a interdição de vias no Paraná, Paraíba e na Via Dutra, rodovia que corta o estado de São Paulo e Rio de Janeiro. As multas para quem paralisar vias no Paraná é de 100 mil reais. Já na via Dutra, as multas chegam a 300 mil reais.

 

O estopim para os protestos foi o aumento autorizado pela Petrobras no último sábado (19). Mas o preço pode subir ainda mais a partir dessa terça-feira (22). A Petrobras autorizou, hoje, as distribuidoras de aumentar o preço da gasolina em 0,90% e em 0,97% para o diesel.

 

No acumulado de uma semana, a alta chega a quase 8% na gasolina e quase 7% no diesel.

 

Na semana passada, o Ministro de Minas e Energia, Moreira Franco, admitiu que os combustíveis estão subindo muito disse que está em discussão no governo a possibilidade da redução dos tributos Pis/Cofins e ICMS. Em julho do ano passado, o governo dobrou as alíquotas de PIS e Cofins da gasolina e elevou em 86% a do diesel para aumentar a arrecadação e enfrentar o deficit nas contas públicas.

 

Os presidentes da Câmara e do Senado, deputado Rodrigo Maia e o senador Eunício Oliveira, convocaram uma Comissão conjunta do Congresso para discutir medidas que reduzam o preço dos combustíveis.

 

*Matéria alterada para atualizar informação às 14:56 do dia 21/05/2018.