Operação prende 197 pessoas acusadas de exploração sexual infanto-juvenil

02:44 Geral, Notícias 17/05/2018 - 15h40 Brasília Embed

Graziele Bezerra

Professores, advogados, enfermeiros, aposentados, estudantes, homens e mulheres, pelo menos 170 pessoas de um grupo longe de qualquer suspeita foram presas nessa quinta-feira na segunda fase  da Operação Luz na Infância, acusados de exploração sexual infanto-juvenil.

 

A polícia cumpriu ao todo 579 mandados de busca e apreensão e encontrou computadores, celulares, pendrives e HDs externos repletos de imagens e vídeos de crianças e adolescentes em completa vulnerabilidade.

 

As informações com Graziele Bezerra.