Acusado de matar caminhoneiro a pedrada em manifestação é indiciado

01:56 Geral, Notícias 22/06/2018 - 11h59 Brasília Embed

Renata Martins

A Polícia Civil de Rondônia indiciou o caminhoneiro Willians Maciel Dias, acusado de matar um caminhoneiro com pedrada durante paralisação nacional da categoria.


O crime ocorreu em um ponto de manifestação dos caminhoneiros na BR-364, no dia 30 de maio, em Vilhena. Esta foi a única morte diretamente associada aos protestos da categoria.


De acordo com a Polícia Civil, Willians Maciel Dias lançou uma pedra contra o caminhão de José Batistela, de 70 anos, que foi atingido e morreu no local.


Conhecido por “Javali”, Willians tem 32 anos, também é caminhoneiro e estava acompanhado da esposa, que chegou a pedir que ele não jogasse a pedra, e da filha de três anos. Ele está preso desde o dia 8.


O delegado responsável pelo inquérito, Núbio Lopes de Oliveira, acredita que o acusado teve intenção de matar.


“Ele tinha condições de saber que a pedra, pelo tamanho, pela velocidade, todos os fatores, um para-brisa grande, sabendo que o caminhão estava em movimento, que tinha alguém pilotando esse caminhão… Então é perfeitamente possível, para qualquer pessoa, saber que aquela pedra [pode] atingir e matar o motorista. Além de disso, ele não se importou e continuou. Foi mais importante para ele querer realizar a conduta do que preocupar se iria ou se não matar. Por essa razão, nós entendemos que houve o dolo eventual.”


Outras duas pessoas também foram investigados pelo crime, mas a polícia apurou que apesar de terem juntado pedras, os homens desistiram do ato e, inclusive, tentaram demover o acusado da ação.


O caso foi encaminhado ao Ministério Público de Rondônia, que deve apresentar a denúncia a Justiça.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique