Casos de incêndios gerados por curto-circuitos no país crescem 225%

02:37 Geral, Notícias 01/06/2018 - 20h49 Brasília Embed

Maíra Heinen

Incêndios provocados por curto-circuitos mais que duplicaram no país, em cinco anos, passando de 200 casos em 2013, para 451 em 2017. Destes, 56 foram na Região Norte.

 

O levantamento feito pela Abracopel, Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade, aponta ainda um total de 42 incêndios só em janeiro deste ano.

 

Em relação às mortes causadas por curto circuito, foram 30 em todo o país no ano passado. Quatro delas no Norte.

 

Manaus ficou na segunda posição no ranking das cidades com maior número de incêndios, com 17. A cidade que mais registrou mortes em decorrência dos incêndios por sobrecarga foi Macapá, com três vítimas fatais.

 

O engenheiro elétrico Edson Martinho, diretor-executivo da Abracopel, considera grande o número acidentes causados por curto-circuito.

 

 

Os acidentes por curto-circuito são atribuídos ao excesso de equipamentos ligados em uma mesma tomada, às gambiarras elétricas e a falta de manutenção das instalações. Edson Martinho ensina como prevenir o curto-circuito.

 

A recomendação do engenheiro Edson Martinho é que, ao encontrar um cabo de energia descoberto ou mal isolado, substitua-o imediatamente, para evitar choques e perigo de acidente grave.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique