Jornadas de Junho foram marcadas por pluralidade de grupos nas ruas, avalia especialista

04:04 Geral, Notícias 15/06/2018 - 15h36 Rio de Janeiro Embed

Carol Barreto

Gritos ecoaram em centenas de cidades do país inteiro em junho de 2013. As manifestações, que começaram em protesto contra o aumento das passagens de ônibus, se ampliaram e incorporaram outras reivindicações como o aumento dos investimentos em áreas sociais, a desmilitarização da polícia e o combate à corrupção.

 

Polêmicos, black blocs se tornaram parte da cena política, depredando agências bancárias e lojas de grandes corporações. Após algumas semanas de manifestações massivas, diversas prefeituras recuaram em relação ao aumento das passagens, como foi o caso de São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. No entanto, a única coisa que parece consenso em relação a junho de 2013 é a idéia de que o legado do período vai muito além.

 

O estudante de Jornalismo da UFRJ, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Pedro Paiva, que fazia parte do Diretório Central dos Estudantes da instituição em 2013, afirma que o grande legado do período é a redescoberta de que ir para a rua transforma a realidade.


O professor da UFRJ Cláudio Ribeiro, que em junho de 2013 presidia o sindicato dos docentes da instituição e participou ativamente das mobilizações, recorda a pluralidade de grupos nas ruas naquele período.

 

Cláudio também lembrou a repressão aos manifestantes.

 

Professor de Gestão de Políticas Públicas da Universidade de São Paulo e estudioso das Jornadas de Junho, Pablo Ortellado, afirma que o sistema político não ouviu as vozes das manifestações.

 

Segundo estimativas realizadas à época, os protestos de junho de 2013 levaram cerca de 9% da população brasileira às ruas em centenas de cidades do país.

 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique