Municípios amazonenses podem decretar situação de emergência por conta da malária

01:32 Geral, Notícias 08/06/2018 - 15h45 Brasília Embed

Maíra Heinen

Três cidades do Amazonas concentram 48% dos casos de malária no estado e podem decretar situação de emergência em saúde: São Gabriel da Cachoeira, Santa Izabel do Rio Negro e Barcelos.

 

Apenas esses municípios são responsáveis por 29 mil 462 casos da doença no Amazonas até o mês de maio. Mas os números são preliminares e ainda podem aumentar.

 

O diretor-presidente da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas, Bernardino Albuquerque, afirma que toda a região amazônica vem sentindo o aumento dos casos de malária desde o ano passado.

 

Albuquerque apresenta dois fatores que contribuem para o problema.


Ainda de acordo com o diretor da Fundação, uma força-tarefa vem realizando testes rápidos para o diagnóstico precoce, e para a prevenção, está utilizando mosqueteiros impregnados e realizando borrifação intradomiciliar de inseticidas para o controle do mosquito.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique