Prorrogada até 22 de junho campanha de vacinação contra gripe

02:46 Geral, Notícias 13/06/2018 - 20h37 Brasília Embed

Kariane Costa

A campanha de vacinação contra a gripe será prorrogada até o dia 22 de junho. A medida foi tomada porque muitas pessoas do grupo de risco ainda não tomaram a vacina.

 

Segundo o último levantamento do Ministério da saúde, 1 milhão e 800 mil pessoas, que fazem parte do grupo alvo, precisam tomar a dose contra a gripe.

 

Até agora apenas 76% da vacinação proposta foi cumprida. A meta é vacinar contra a gripe 54 milhões e 400 mil pessoas.

 

Há uma semana do começo do inverno a situação preocupa, porque o número de mortes relacionadas a gripe no Brasil, já dobraram na comparação com o mesmo período do ano passado.

 

Até o dia 9 de junho, foram registrados 2 mil e 700 casos em todo o país, com 446 mortes. 284 óbitos foram por H1N1. Em relação ao vírus H3N2, foram registrados 563 casos e 87 óbitos.



O 42% das crianças ainda não foram vacinas. O ministro da Saúde, Gilberto Occhi alerta aos pais sobre a importância da vacinação de crianças entre seis meses a menores de cinco anos.

 

Devem se vacinar além das crianças, trabalhadores de saúde, professores das redes pública e privada, povos indígenas, gestantes, mulheres que deram à luz recentemente e pessoas privadas de liberdade. Também gestantes, idosos e pessoas com doenças crônicas, como diabetes.

 

Os estados que já atingiram a meta de 90%, podem oferecer a dose ao restante da população. De acordo com o Ministério da Saúde, a dose protege contra os três subtipos do vírus da gripe, incluindo o H1N1 e o H3N2.

A vacina é contraindicada para pessoas com alergia grave relacionada a ovo de galinha e seus derivados.

 

* Título alterado às 21h47

Deseja fazer algum tipo de manifestação?

Favor copiar o link do conteúdo ao apresentar sua sugestão, elogio, denúncia, reclamação ou solicitação.