Remédio que reduz em 90% risco de contrair HIV terá distribuição na rede pública de saúde do Pará

02:07 Geral, Notícias 22/06/2018 - 20h57 Brasília Embed

Kariane Costa

Anunciado em dezembro do ano passado, chega à rede pública de saúde de Belém, a partir do próximo mês, um coquetel de remédios para a prevenção do HIV.

 

Conhecido como PreP, profilaxia pré-exposição ao HIV, ele aumenta em 90% as chances de prevenção da doença, quando usado da forma correta.

 

O tratamento realizado por meio de um medicamento é capaz de proteger o organismo contra o vírus.

 

Os remédios vão ser distribuídos de graça, mas somente às pessoas que se encaixam no seguinte grupo: profissionais do sexo, pessoas transexuais, casais- quando apenas um deles possui o vírus HIV - e homens que fazem sexo com homens.

 

O PreP possui efeitos colaterais e o Ministério da saúde alerta que em nenhum momento substitui o uso de preservativos.

 

A secretaria de saúde do estado do Pará alerta também que o medicamento não previne outras infecções sexualmente transmissíveis, como sífilis, gonorreia, HPV, hepatite B, assim como não evita a gravidez.

 

De acordo com o Ministério da Saúde, além do SUS, o medicamento deve ser comercializado na rede privada.

 

O último Boletim Epidemiológico do Ministério da Saúde aponta que oitocentas e 27 mil pessoas têm HIV no país. 40 mil casos são registrados todos os anos.

 

Os grupos em que as infecções mais crescem são de homens que fazem sexo com homens, de 15 a 24 anos de idade, e idosos, acima dos 60 anos.

 

No decorrer do ano passado, 1.381 adultos e 13 crianças foram diagnosticados com o vírus HIV no Pará.

 

Para mais informações sobre como tratar a doença e se prevenir, basta procurar uma unidade de saúde no estado.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique