TCE-RJ determina vistoria na obra da Praia da Macumba; ressaca provoca novo desabamento

02:08 Geral, Notícias 19/06/2018 - 20h41 Rio de Janeiro Embed

Joana Moscatelli

Após novo desabamento, o Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro determinou a realização de uma inspeção extraordinária na obra da Praia da Macumba, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

 

A vistoria deve ser feita em até 45 dias. Em relatório divulgado nesta terça-feira, o TCE dá o prazo de 30 dias para a empresa Geomecânica, responsável pela estrutura, prestar esclarecimentos sobre o novo rompimento, já que a obra emergencial, realizada sem licitação e tinha como objetivo justamente recuperar a orla local.

 

A Prefeitura e a Secretaria de Conservação e Meio Ambiente têm também 30 dias para apresentar providências para solucionar o problema que ameaça à vida de pessoas e de seus bens no local. Nos últimos dias, nova ressaca na Praia da Macumba causou o rompimento de sacos de contenção da obra recém finalizada que custou mais de R$ 14 milhões. 

 

Em janeiro, o ambientalista fluminense Sérgio Ricardo, alertou à Rádio Nacional a ineficiência da obra emergencial apresentada como solução para conter o avanço do mar no litoral. Segundo Sérgio Ricardo, para conter os impactos, poderia ser aplicado um projeto de proteção e resiliência, com recuperação da restinga nativa.

 

As obras emergenciais na Praia da Macumba tiveram início em outubro de 2017 quando a força do mar destruiu o calçadão da praia, afetando parte da via e dois quiosques. Um estudo encomendado pela prefeitura do Rio mostrou que desde 2005 havia necessidade de executar o reforço estrutural do muro da orla.

 

Em nota, a Secretaria de Conservação informou que ainda não foi notificada, mas que está à disposição do Tribunal para prestar quaisquer esclarecimentos sobre a Praia da Macumba. Segundo a Secretaria a contratação do estudo para a obra preventiva, que visa amenizar o impacto das ondas no local, está em fase de elaboração. A reportagem não conseguiu contato com a empresa Geomecânica.