Croácia: da repescagem na classificação até finalista da Copa

02:30 Geral, Notícias 12/07/2018 - 11h05 Brasília Embed

Eurico Tavares

Finalista da Copa do Mundo, a Croácia chegou na fase final via repescagem europeia.


Os croatas ficaram em segundo lugar no Grupo 1. A Islândia foi a vencedora do grupo e classificou diretamente para a Copa.


A Croácia teve que entrar numa repescagem contra a Grécia. Ganhou em Zagreb, por 4 a 1, e no jogo de volta em Piraeus empatou em 0 a 0 com os gregos.


Na Copa, caiu no Grupo D, ao lado da Argentina, Nigéria e coincidentemente a Islândia, sua companheira do Grupo 1, da Europa.


Estreou ganhando da Nigéria, por 2 a 0. Depois, derrotou a Argentina por 3 a 0 e terminou ganhando da Islândia por 2 a 1.


Na fase dos jogos eliminatórios, a Croácia precisou disputar três prorrogações e duas cobranças de tiros livres, da marca do pênalti.


Nas oitavas de final empatou com a Dinamarca em 1 a 1. Nos pênaltis venceu por 3 a 2, com três defesas do goleiro Danijel Subaši .


Nas quartas de final, um empate por 2 a 2 com a Rússia sendo 1 a 1 nos 90 minutos e 1 a 1 na prorrogação.  Nos tiros livres, vitória por 4 a 3 e mais um defesa do goleiro Subaši , que igualou o recorde de Sergio Goygochea, da Argentina, em 1990, que defendeu quatro tiros livres numa mesa edição da Copa.


Nas semifinais, mais um jogo com prorrogação para os croatas, depois de 1 a 1 nos 90 minutos. Mas, desta vez, a Croácia fez 1 a 0 nos 30 minutos da prorrogação e ganhou o jogo sem a disputa dos tiros livres.


Foram 90 minutos a mais que qualquer outra concorrente, como a França, sua adversária na final. Além de um dia a menos de descanso que os franceses.


A Croácia é a 13ª seleção a chegar numa final de Copa do Mundo. Das 12 anteriores oito conseguiram o titulo de campeã: Uruguai, Itália, Alemanha, Brasil, Inglaterra, Argentina, França e Espanha.


Quatro seleções chegaram na final mas não conseguiu o titulo: Tchecoslováquia (duas vezes), Hungria (duas vezes), Suécia (uma vez) e Holanda (3 vezes). Se vencer a Croácia será a nona seleção a ser campeã do mundo. Se perder será a quinta a disputar uma final mas não conquistar o titulo.