Falta vacina contra meningite nas unidades básicas de saúde de Santarém

01:25 Geral, Notícias 29/08/2018 - 19h39 Brasília Embed

Juliana Cézar Nunes

A Secretaria Municipal de Saúde de Santarém, no Pará, emitiu esta semana nota de alerta para a possibilidade de falta da vacina contra a meningite no município. O último lote teria sido enviado pela Secretaria Estadual de Saúde no mês de junho, com apenas 600 doses.

 

A vacina contra a meningite faz parte do calendário de vacinação infantil e a 1ª dose deve ser tomada aos 3 meses de vida. De acordo com o Ministério da Saúde, houve atraso na entrega das vacinas em todo o país por conta de falhas do fabricante. Mas a previsão era que o abastecimento estivesse regularizado este mês.

 

De acordo com a Secretaria de Saúde de Santarém, a falta da vacina contra meningite causou transtorno nas 71 unidades básicas de saúde da cidade. Nas clínicas particulares, a vacina chega a custar quase R$ 500.

 

Procuramos a Secretaria de Saúde do Pará e, de acordo com o órgão, um novo lote de vacinas contra meningite vai ser encaminhado para Santarém ainda nesta quarta-feira.

 

A meningite pode ser causada por vírus, fungos ou bactérias - sendo o tipo bacteriano o mais grave. A inflamação das meninges, membranas que envolvem parte do cérebro, pode levar à paralisia, perda de audição e epilepsia.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique