PF desarticula organização que teria desviado recursos públicos em Roraima

01:23 Geral, Notícias 14/08/2018 - 09h25 Brasília Embed

Juliana Cezar Nunes

A Polícia Federal (PF) realizou nessa segunda-feira (13), em Roraima, operação para desarticular uma organização criminosa supostamente responsável por desvio de recursos públicos federais, lavagem de dinheiro e fraude a licitação.


Policiais federais cumpriram dois mandados de busca e apreensão em Boa Vista. Esta é a segunda fase da Operação Gárgulas, deflagrada em junho deste ano a partir de investigação que apontou indícios de fraudes realizadas por servidores públicos e empresários.


Eles teriam desviado recursos do Fundo Penitenciário Nacional (Funpen) à Roraima. Os investigados são acusados de ocultar provas dos crimes.


A Secretaria de Justiça e Cidadania de Roraima afirma que os fatos apurados pela Polícia Federal já são investigados pela corregedoria do órgão, desde o ano passado. O servidor suspeito responde a um Procedimento Administrativo Disciplinar e está afastado das atividades.


Ele era o coordenador do Fundo Penitenciário Estadual, quando Roraima recebeu recursos federais para melhorias no sistema prisional, com destinação de 30% para obras na estrutura física e 70% para custeio e modernização do sistema.


A investigação da corregedoria aponta fraudes na aquisição de instrumentos de segurança e locação de veículos.