PM do Rio vai reavaliar policiais afastados por motivo de saúde ; mutirão começa nesta segunda-feira

01:27 Geral, Notícias 05/08/2018 - 15h55 Rio de Janeiro Embed

Cristiane Ribeiro

A Polícia Militar do Rio começa mutirão para reavaliar cerca de três mil policiais militares que se afastaram da atividade-fim por motivos psiquiátricos ao longo dos últimos anos.

 

Depois de examinados por psiquiatras das Juntas de Inspeção de Saúde Especiais, os policiais serão encaminhados para o Programa de Acolhimento e Promoção de Saúde Mental para Policiais Militares.

 

A medida pedindo a reavaliação médica foi feita pelo interventor federal na segurança pública do Rio de Janeiro, general Walter Braga Netto. O decreto publicado na semana passada no Diário Oficial do Estado determina a reavaliação dos policiais militares afastados por questões psiquiátricas.

 

Dez oficiais médicos das Forças Armadas foram designados pelo Gabinete de Intervenção Federal para o processo de reavaliação psiquiátrica. 

 

Em nota, a Polícia Militar informa que a previsão é de que sejam feitas por dia em torno de 30 avaliações e que, até o final deste ano, a processo esteja concluído.

 

O mutirão de reavaliação faz parte de um conjunto de ações que vem sendo adotado para melhorar o quadro de saúde da tropa. O objetivo é identificar os problemas dos policiais para encaminhá-los ao tratamento adequado a cada caso.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique