Aos 95 anos, fotógrafo Gervásio Baptista recebe Medalha de Mérito Jornalístico

02:10 Geral, Notícias 23/09/2018 - 12h30 Brasília Embed

Samanta do Carmo

O que Assis Chateaubriand, Papa João Paulo II, Che Guevara e Fidel Castro podem ter em comum, além de serem conhecidas figuras da vida pública? Todos eles foram fotografados por Gervásio Baptista, um senhor hoje com 95 anos, que carrega na memória e deixou, para nossa sorte, registradas em imagens, as lembranças de uma carreira singular como fotógrafo.

 

Neste fim de semana, Gervásio foi homenageado com a Medalha de Mérito Jornalístico da Associação Bahiana de Imprensa. 

 

Gérvasio se tornou conhecido no meio político no Rio de Janeiro e depois em Brasília. Fotografou Getúlio Vargas, Juscelino Kubitschek na inauguração da nova capital, e desde então, praticamente todos os presidentes brasileiros até Luiz Inácio Lula da Silva foram clicados por suas lentes.

 

A última imagem de Tancredo Neves, já no hospital, é uma das obras de Gervásio. Os últimos anos de carreira do fotógrafo foram dedicados à Empresa Brasil de Comunicação (EBC)

 

O fotógrafo também fez a cobertura da Revolução Cubana, em 1959, da Revolução dos Cravos, em Portugal, em 1974. Acompanhou as mudanças na mídia brasileira, quando as revistas em que trabalhava, como O Cruzeiro e Manchete foram fechadas. 

Deseja fazer algum tipo de manifestação?

Favor copiar o link do conteúdo ao apresentar sua sugestão, elogio, denúncia, reclamação ou solicitação.