Empresa que derramou quase 2 mil litros de óleo no rio Negro compensa famílias afetadas

01:12 Geral, Notícias 04/09/2018 - 14h49 Brasília Embed

Maíra Heinen

Cerca de 100 famílias devem receber cestas básicas, água potável e atendimento médico de empresa responsável pelo derramamento de óleo no rio Negro, em Manaus.


O Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) notificou a empresa nessa segunda-feira (3) e determinou a recuperação imediata de áreas degradadas pelo óleo diesel que vazou depois do naufrágio de uma embarcação na zona leste da capital, no último dia 27.


A mancha de óleo já atingiu 10 quilômetros e se espalhou pelos igarapés Mauá e Aleixo, no bairro Colônia Antônio Aleixo. A empresa J F de Oliveira informou que foram derramados 1,8 mil litros de óleo.


Outra medida determinada pelo Ipaam foi a recuperação de pintura e limpeza de embarcações e flutuantes atingidas pelo óleo.


A notificação, segundo o Ipaam, é apenas para minimizar os prejuízos causados aos moradores e não suspende o embargo da área nem substitui a multa pelo crime ambiental, que deverá ser aplicada nos próximos dias.


A empresa tem cinco dias para enviar informações sobre o cumprimento das medidas.


Até o momento, a assessoria de imprensa da J F Oliveira não atendeu às ligações da reportagem.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique