Eucalipto responde por 75% das florestas plantadas no país

03:10 Geral, Notícias 20/09/2018 - 12h57 Rio de Janeiro Embed

Raquel Júnia

Mais de 75% das florestas plantadas no Brasil são de eucalipto. A plantação de Pinus alcança 20,6%. No total, o Brasil tem 9 milhões e 850 mil hectares de florestas plantadas.


Os dados são do levantamento Produção da Extração Vegetal e da Silvicultura 2017, divulgados nessa quarta-feira (19), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).


As florestas plantadas estão principalmente na Região Sul, que responde por 36% do valor da produção, e Sudeste, com mais de 25%.


O líder entre os estados é o Paraná, com produção de R$ 3,7 bilhões, seguido por Minas Gerais e Santa Catarina. Do total de áreas plantadas, 41,9% do eucalipto está na Região Sudeste e 87,7% do pinus na Região Sul.


De acordo com os dados, 4.837 municípios brasileiros tiveram produção primária florestal em 2017. Em valor de produção, o destaque é Três Lagoas (MS), com quase R$ 390 milhões no ramo de floresta plantada.


Em extrativismo, o destaque é São Mateus do Sul, no Paraná, com produção de 67 mil toneladas de erva-mate e valor de mais de R$ 100 milhões.


Os produtos madeireiros respondem por 90% do valor da produção florestal do país e tiveram aumento de 3,6% no ano passado.


Entre os produtos da silvicultura, o carvão vegetal teve queda de 0,8% na produção, mas registrou aumento de 4,2% no valor, enquanto a madeira para papel e celulose cresceu 3% na produção, mas diminuiu 1,8% no valor total.


O levantamento mostra que nos últimos 20 anos a participação do extrativismo e da silvicultura no total da produção primária florestal se inverteu.


Se em 1996 o extrativismo era responsável por 60% da produção florestal do país, os números vêm caindo e, desde o ano 2000, a silvicultura ultrapassou o extrativismo e continua em expansão.


No extrativismo, os produtos madeireiros representam 64,1% do valor da produção, após queda de 2,7% no ano passado.


A segunda maior participação é a de produtos alimentícios, que respondem por 27,7% do valor total da produção, após crescimento de 7,3%, em 2017.


O destaque é o açaí, que teve aumento de 10,5% no valor, em 2017, com produção de 220 mil toneladas.


Limoeiro do Ajuru (PA) é o principal município que produz açaí de origem extrativista.


Em segundo lugar na extração de alimentos está a erva-mate e em terceiro a castanha-do-pará, após queda de 24,4% no volume da produção do ano passado afetada por questões climáticas.


Outros ítens com produção significativa são o pinhão e o pequi, que aumentaram quase 40% no valor da produção.


As ceras são 4,8% do valor da produção extrativista e as oleaginosas respondem por 2,7%.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique