Viva Maria: O emocionante dia em que a Rádio Nacional do Rio foi ao ar há 82 anos

08:56 Geral, Programetes 12/09/2018 - 09h29 Brasília Embed

Apresentação Mara Régia

Definitivamente, setembro é o mês do rádio e, particularmente, das emissoras de rádio da Empresa Brasil de Comunicação (EBC).

 

No último 7 de setembro, comemoramos o aniversário daquela que guarda uma relação direta com a própria história da radiodifusão no Brasil. A rádio MEC.

 

Taí a nova vinheta da emissora que foi criada pelo antropólogo Edgar Roquette Pinto um ano após a primeira transmissão oficial de rádio no Brasil, que aconteceu em 7 de setembro de 1922, na Praia Vermelha, em comemoração ao Centenário da Independência do Brasil.

 

Quatorze anos mais tarde, ao som da música Luar do Sertão, às 21h do dia 12 de setembro, uma voz anunciava aos quatro cantos desse país: “emissoras brasileiras da Rádio Nacional do Rio de Janeiro, Brasil”.

 

Como sabemos, essa emissora revolucionou as comunicações e não tardou a transformar-se em instrumento cultural, social e político fundamental para a modernização do Brasil.

 

Os programas esportivos, de humor, radionovelas e noticiários, transmitidos dos vários estúdios do edifício A Noite, na Praça Mauá, Rio de Janeiro, viraram modelo e até hoje fazem o melhor da nossa história. Impossível não lembrar também os programas de auditório que consagraram as cantoras do rádio, como Ângela Maria.

 

De cantoras a rainhas do rádio, foram elas que consagraram a chamada “Era de Ouro do Rádio”.

 

Para minha alegria e contentamento, eu tive o privilégio de nascer no mesmo dia em que a Nacional do Rio de Janeiro entrou no ar. E eu quero agora compartilhar um presente muito especial.

 

Com vocês, Elis Regina.... Não aquela que há tantos anos empresta sua voz à vinheta de abertura desse nosso programa, mas falo da doutora da Faculdade de Comunicação da Universidade de Brasília (UnB), seja muito bem-vinda, Elis Regina de Araújo. Viva Maria!

 

 

Viva Maria: Programete que aborda assuntos ligados aos direitos das mulheres e outros aspectos da questão de gênero. É publicado de segunda a sexta-feira. Acesse aqui as edições anteriores.