Cidades da Ilha de Marajó registram alto índice de escalpelamento

02:02 Geral, Notícias 17/10/2018 - 16h10 Brasília Embed

Michelle Moreira

As cidades de Muaná, Limoeiro do Ajuru, Curralinho, Breves e Melgaço – na Ilha do Marajó – no Pará, lideram um triste ranking na região – o número de registros de casos de escalpelamento.

 

Para chamar a atenção da comunidade para o assunto, a Capitania dos Portos da Amazônia Oriental realiza a partir desta quarta-feira até o dia 3 de novembro ações de enfrentamento ao problema na região.

 

O capitão dos Portos da Amazônia Oriental, José Alexandre Santiago, explica que a campanha faz parte de um calendário anual no qual a Marinha atua em parceria com o governo do estado e entidades não governamentais.

 

Ainda entre as atividades previstas estão palestras sobre a prevenção de acidentes e curso de capacitação de agentes do Corpo de Bombeiros de Breves.

 

São parceiros na mobilização, além da Secretaria Estadual de Saúde do Pará, representantes do Espaço Acolher, vinculado à Fundação Santa Casa de Misericórdia.

 

O escalpelamento é o arrancamento brusco e acidental do couro cabeludo, que pode acontecer de diferentes maneiras, inclusive por eixos e partes móveis dos motores das embarcações.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique