Combate ao Aedes Aegypti é antecipado no Acre por causa do aumento de casos de dengue

01:00 Geral, Notícias 17/10/2018 - 14h53 Brasília Embed

Maíra Heinen

As ações de combate ao mosquito Aedes aegypti foram antecipadas pela prefeitura de Rio Branco, no Acre, devido ao crescimento no número de casos de dengue, zika e chikungunya.

 

Em setembro do ano passado foram registrados 11 casos suspeitos das doenças. No mesmo período deste ano, já são 32 ocorrências.

 


O trabalho de prevenção, feito pela prefeitura, geralmente ocorre em janeiro.

 


A equipe da Secretaria Municipal de Saúde deve intensificar visitas aos domicílios, fazendo orientação, detecção e eliminação de focos do mosquito.

 


Já a Secretaria de Serviços Urbanos vai fazer a limpeza e capina das ruas e retirar o entulho dos bairros, acabando com locais de acúmulo de água, que servem como criadouros do Aedes.

 

A prefeitura também anunciou a contratação de 43 novos agentes de endemias e servidores de outros setores aprovados em concurso público, para reforçar o combate ao mosquito.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique