Ex-governador de Goiás Marconi Perillo foi preso enquanto prestava depoimento à PF

01:16 Geral, Notícias 10/10/2018 - 21h03 Brasília Embed

Ana Luísa Praser

O ex-governador do estado de Goiás, Marconi Perilo do PSDB, foi preso nesta quarta-feira enquanto prestava depoimento à Policia Federal. Ele é investigado em operação que busca esclarecer pagamentos de propinas em campanhas eleitorais.

 

De acordo com o advogado de defesa, Antônio Carlos Almeida, o Kakay, o decreto de prisão emitido hoje é uma cópia de outra decisão já revogada por determinação do Tribunal Regional Federal da Primeira Região, e segundo ele não há fatos novos que justifiquem a prisão de Perilo.

 

Em nota, o advogado disse estar perplexo com a determinação judicial e explicou que a justiça já concedeu outras duas liminares para liberar duas pessoas presas nessa mesma operação. Kakay declarou ainda que esta nova prisão é uma forma de descumprimento indireto dos fundamentos das decisões concedidas a outros candidatos.

 

Marconi Perilo é suspeito de receber doze milhões de reais em propina de empreiteiras para os pleitos eleitorais em 2010 e 2014. A foi operação foi iniciada após as delações da Odebrecht na Operação Lava Jato.

 

o depoimento de Perilo à Polícia Federal foi marcado após o primeiro turno das eleições à pedido do advogado de defesa. Este ano, Perilo concorreu à uma vaga para o senado, mas não foi eleito.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique