Inpe combate desmatamento e queimadas no sul do Amazonas

01:40 Geral, Notícias 22/10/2018 - 13h10 Brasília Embed

Michelle Moreira

O monitoramento do Inpe, o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, revela que o Amazonas registrou do começo de outubro até esta segunda-feira (22) cerca de 1,3 mil focos de calor.

 

De acordo com um dos satélites de referência da instituição, entre os 10 municípios com mais focos acumulados entre o início do ano até 21 de outubro três cidades se destacam: Lábrea, que aparece em segundo lugar com 2.150 focos; Apuí e Boca do Acre.

 

Segundo a Secretaria Estadual de Meio Ambiente, o sul do Amazonas é uma das áreas prioritárias do cronograma de ações de prevenção e combate ao desmatamento e controle de queimadas, desenvolvido em parceria com o Ipaam, o Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas.

 

Proprietários da região somam mais de R$ 9 milhões em multas aplicadas por órgãos ambientais, de agosto até o início deste mês.

 

Além das ações de fiscalização em campo, prevista para ir até dezembro, o trabalho de prevenção conta com palestras, oficinas e orientações de sensibilização ambiental aos moradores dos municípios, em escolas das redes estadual e municipal de ensino.

 

A ideia é mostrar a população os malefícios deste tipo de crime ambiental também para a saúde uma vez que o acúmulo de fumaça compromete a qualidade do solo e do ar.