Partidos políticos se reúnem para definir apoio no segundo turno

01:32 Geral, Notícias 09/10/2018 - 08h13 Brasília Embed

Priscilla Mazenotti

Faltam três semanas para o segundo turno e os partidos começam a definir qual candidato à Presidência da República vão apoiar. 

 

A Executiva do PSDB, por exemplo, se reúne em Brasília hoje (9) à tarde para definir apoio. 

 

O PDT, partido do terceiro colocado, Ciro Gomes, também vai discutir o assunto nos próximos dias.  O presidente da legenda, Carlos Lupi, descartou a possibilidade de apoio ao candidato Jair Bolsonaro. Em nota, o partido afirmou que não vai aplicar punições ao filiado que quiser se manter neutro, mas que vai expulsar da legenda quem anunciar adesão ao candidato do PSL.

 

Por enquanto, somente o PSOL anunciou apoio formal ao candidato Fernando Haddad, do PT.

 

Marina Silva , da Rede, disse que vai adotar uma postura de oposição, independentemente de quem saia vitorioso nas urnas.

 

O candidato Álvaro Dias, do Podemos, vai fazer uma transmissão ao vivo pelo Facebook para anunciar seu posicionamento.

 

O PSB também reúne a Executiva hoje em Brasília.

 

Os demais partidos deverão definir suas situações até o fim da semana.

 

Fernando Haddad se reúne hoje, em São Paulo, com a Executiva Nacional do PT e governadores que apoiam a Coligação O Povo Feliz de Novo. O candidato Jair Bolsonaro, do PSL, deve se reunir com o assessor econômico da campanha, Paulo Guedes.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique