Polícia continua buscas por foragidos de presídio em Araguaína; reféns foram libertados nessa quarta

01:00 Geral, Notícias 04/10/2018 - 12h56 Brasília Embed

Maíra Heinen

Detentos que fugiram da Unidade de Tratamento Penal Barra da Grota, em Araguaína, no Tocantins, libertaram os dois servidores reféns no fim da tarde de ontem (3).


A professora Elisângela Mendes Sobrinho, de 43 anos, e o técnico em Defesa Social, Roberto da Silva Aires, de 27, estavam em poder dos fugitivos desde a tarde de terça-feira (2). Os dois servidores ainda estão sob cuidados médicos.


Após a fuga de 28 reeducandos, na terça-feira, nove deles morreram após entrarem em confronto com policiais em uma mata, nas proximidades da unidade prisional, e 19 presos continuam oficialmente foragidos.


Desde ontem, estão em Araguaína o vice-governador do Tocantins, Wanderlei Barbosa, e vários secretários de estado. Segundo a assessoria do governo, a equipe trabalha com reforços enviados à cidade para busca dos detentos.

 

A operação continua com o reforço de policiais militares e civis.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique