Bolsonaro descarta Revalida para médicos formados no Brasil

01:26 Geral, Notícias 25/11/2018 - 16h30 Brasília Embed

Carmen Lúcia

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, descartou hoje (25) a possibilidade de submeter os médicos brasileiros ao Revalida, a prova de avaliação e qualificação exigida para os profissionais formados fora do Brasil.

 

Segundo ele, a hipótese não é considerada. Também criticou a prova realizada pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) aos recém-formados.


As afirmaçõeso de Bolsonaro ocorreram depois de ele participar de almoço na Escola de Educação Física do Exército, na Urca, no Rio de Janeiro, para o 10º Encontro do Calção Preto, que reúne comandantes, professores e monitores da escola.

 

Mesmo fã de futebol, o presidente eleito resolveu desistir de assistir ao jogo do  Palmeira com o Vasco, no São Januário. Ele disse ter sido desaconselhado a ir ao estádio.


Bolsonaro também afirmou que segue as orientações médicas à risca, embora tenha reconhecido que ficou aborrecido com o adiamento da cirurgia para a retirada da bolsa de colostomia para 20 de janeiro de 2019.

 

O presidente eleito disse que pretende ir a Brasília na próxima terça-feira (27) e retornar no dia 28, para o Rio de Janeiro.
 

 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique