Câncer deve atingir 12,5 mil crianças brasileiras em 2019

04:21 Geral, Notícias 23/11/2018 - 16h37 Rio de Janeiro Embed

Raquel Júnia

O câncer é a segunda causa de morte entre crianças e adolescentes de um a 19 anos no país, atrás apenas das mortes por acidente. Entre as doenças, é a que mais mata nesta faixa etária.

 

Para 2019 são esperados mais 12 mil e 500 novos casos. Entretanto,  em crianças o potencial de cura é ainda mais alto do que nos adultos, devido ao tipo de células que o câncer atinge. As chances de cura são de 80%.

 

No Dia Nacional de Combate ao Câncer Infanto Juvenil , criado exatamente para conscientizar sobre a doença há 10 anos, a chefe da pediatria do Instituto Nacional do Câncer, Dra Sima Ferman, destaca a importância do diagnóstico precoce.



Sima explica que as dificuldades para o diagnóstico são maiores em crianças do que em adultos pelos sintomas muito parecidos com doenças comuns. No entanto, a garantia de mais recursos,  e estruturação do Sistema Único de Saúde, onde a maior parte das crianças é tratada, poderia garantir mais sucesso.



Sandra Nóbrega conhece bem de perto o drama das famílias que precisam se deslocar vários quilômetros para se tratar na capital. Fundadora e diretora da Casa de Apoio à Criança com Câncer Santa Teresa, que acolhe pacientes e seus familiares no Rio, ela reforça que o grande desafio é de fato mais estrutura.


O direito à cultura para as crianças e adolescentes com câncer associado ao direito universal à saúde pública de qualidade estão também no topo da preocupação de uma organização que conhece de perto as dores e sorrisos das crianças com câncer. Ronaldo Aguiar, diretor artístico da Organização Doutores da Alegria, conta o relato de uma mãe e se associa à defesa de que é preciso mais saúde pública.


Diferente dos adultos nos quais  muitas vezes o câncer está associado também a hábitos de vida, nas crianças é mais difícil falar em prevenção, pois não há uma relação estabelecida entre causa e efeito.


O Instituto Nacional do Câncer reforça que a melhor forma de controle é o diagnóstico precoce a partir do acompanhamento médico regular.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique