Começou o cadastramento de Benefício da Prestação Continuada no Distrito Federal

01:50 Geral, Notícias 26/11/2018 - 15h56 Brasília Embed

Jéssica Gonçalves

 Pessoas com deficiência e idosos que recebem o salário mínimo do Benefício de Prestação Continuada, BPC, têm que fazer um novo cadastramento até o final de dezembro nas unidades da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social e Direitos Humanos. Quem não fizer o recadastramento pode perder o benefício.

 

Até agora, das 27 mil pessoas que recebem o BPC, apenas 3 mil fizeram o novo cadastramento. A baixa procura preocupa a Secretaria porque não haverá prorrogação do prazo.

 

A secretária adjunta de Desenvolvimento Social, Marta Sales, orienta usuários.

 


Para facilitar a vida dos beneficiários, os funcionários dos Centros de Assistência Social- Cras, e de Convivência - Cecon, vinculados à Secretaria do Trabalho local, estão trabalhando, em regime de mutirão, aos sábados e domingos.

 


O Benefício de Prestação Continuada - BPC, é pago pelo INSS. Entretanto, cabe aos estados e ao Distrito Federal fiscalizar e cadastrar quem já recebe o benefício.

 

Essa exigência consta de uma portaria interministerial, publicada em 2016, que prorrogou o prazo do cadastro para dezembro deste ano.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique