Dia Internacional da Onça Pintada : data quer chamar atenção para conservação do animal

04:06 Geral, Notícias 29/11/2018 - 18h34 Brasília Embed

Renata Martins

29 de novembro é dia de celebrar e chamar atenção para importância da conservação do maior felino das Américas: a onça-pintada!

 

O Dia Internacional da Onça Pintada foi instituído este ano.

 

Símbolo brasileiro da conservação da biodiversidade! Linda, cheia de charme… seu tiro certeiro virou poema na música de Alceu Valença.

 

Se engana quem acha que essa lindeza só existe na versão amarela com pintas negras. A onça-preta pintada é um tipo raro, que mesmo parecendo uma pantera totalmente negra, é possível ver o degradê das pintas. Em setembro, uma dessas foi encontrada dentro de um condomínio residencial em Belém, no Pará.

 

Apesar de carnívora, a carne humana não faz parte do cardápio da onça-pintada. Os ataques a humanos não são comuns. São normalmente registrados quando o bicho se sente ameaçado.

 

Esses felinos são encontrados em diferentes regiões e climas em 18 países.

 

Mas em várias áreas, esse animal, do topo da cadeia alimentar, corre o risco de simplesmente desaparecer. Ronaldo Morato, coordenador do Centro Nacional de Pesquisas e Conservação de Mamíferos Carnívoros do ICMBio, afirma que as populações de onças-pintadas que vivem na Amazônia e no Pantanal são melhor preservadas.

 

Morato, destaca as ações que devem ser priorizadas para proteger a espécie.

 

Pesquisa internacional divulgada este mês traçou um panorama do comportamento da onça-pintada em cinco biomas diferentes da América do Sul. Para isso utilizou dados obtidos a partir de rastreadores via GPS instalados nos animais.

 

O levantamento, que contou com a participação de pesquisadores do Instituto Mamirauá identificou o interesse das onças-pintadas por regiões próximas a cursos de águas.

 

Contudo, a pesquisa também percebeu que esses animais mudam o comportamento de acordo com o tipo de ambiente no qual estão inseridos, podendo aumentar a extensão de movimentação, a atividade noturna e o uso de vales e cavernas para amenizar a temperatura e evitar a perda de água.

 

De acordo com os pesquisadores, as onças evitam regiões com muita concentração populacional. Por outro lado, a atividade pecuária pode atrair indivíduos machos nos momentos em que estão à procura de presas. Um risco para os felinos devido à possibilidade de conflitos com criadores de gado.

 

De acordo com o ICMBio, cerca de 55 mil onças-pintadas vivem no Brasil.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique