Final da Copa Libertadores foi adiada para este domingo às 18 horas

00:57 Geral, Notícias 25/11/2018 - 13h10 Argentina Embed

Mônica Yanakiew

Milhares de torcedores, que passaram a tarde de sábado no estádio do River Plate, tiveram que voltar para casa, sem ver seus ídolos jogarem contra os rivais históricos do Boca Juniors.

 

A partida foi suspensa depois que torcedores do River atacaram, com pedras, o ônibus que levava o time do Boca ao estádio. O capitão do Boca foi ferido no olho.

 

As autoridades da Conmebol tentaram adiar a partida para sábado à noite, mas os dois times discordaram. Boca não queria jogar sem seu capitão e River, dono do estádio, não queria ganhar do adversário, nessas condições.

 

A falta de capacidade da polícia de impedir a agressão deixou exposta a Argentina, às vésperas da Cúpula do G-20. Lideres das 20 maiores economias do mundo vão se reunir, em Buenos Aires, nos dias 30 de novembro e 1 de dezembro.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique