Governo do Rio quer vacinar 4 milhões de pessoas contra febre amarela

01:43 Geral, Notícias 06/11/2018 - 08h04 Brasília Embed

Fabiana Sampaio

A Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro pretende imunizar cerca de 4 milhões de pessoas contra a febre amarela, alcançando 95% do público-alvo antes da chegada do verão, período em que pode ocorrer maior incidência da doença.

 

Nessa segunda-feira (5), a secretaria iniciou uma nova campanha de vacinação. Em 2018, foram registrados no estado 262 casos de febre amarela silvestre em humanos, com 84 mortes.

 

Até o momento foram imunizadas cerca de 11 milhões de pessoas, o que corresponde a 73% da meta.

 

A vacina está disponível em todos os postos de saúde e também durante três finais de semana de novembro nos jardins da Quinta da Boa Vista, sempre aos sábados e domingos.

 

A secretaria vai montar uma tenda com profissionais que vão atender das 8h às 17h.

 

De acordo com o médico da Secretaria de Saúde, Alexandre Chieppe, com a diminuição de casos após o cinturão de bloqueio feito no ano passado, os moradores do estado deixaram de procurar os postos de saúde.

 

Com o fim do fracionamento , que ocorreu em outubro, a vacina aplicada na campanha será a dose padrão. A secretaria alerta que todos os que não tomaram a vacina devem procurar os postos.

 

Aqueles que foram imunizados com a dose fracionada, não precisam se vacinar nesta etapa porque já estão protegidos.

 

A vacina não é indicada a bebês menores de 9 meses, pessoas com contraindicações especiais (pacientes imunodeprimidos, com doenças hematológicas graves, entre outras) e grávidas.

 

Os principais sintomas da febre amarela são dor de cabeça, febre, amarelamento da pele, dores musculares e articulares, náuseas, indisposição, entre outras manifestações.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique